O que fazer com a família em Alter do Chão? Guia completo

Alter do Chão, localizada no estado do Pará, ganhou reconhecimento internacional ao ser destacada pelo jornal The Guardian como um dos destinos mais deslumbrantes dentre as praias brasileiras. Hoje, daremos várias dicas para você que deseja saber o que fazer com a família em Alter do Chão.

Essa surpreendente reputação é mais do que merecida, pois Alter do Chão oferece praias que rivalizam com os cenários mais espetaculares do país, tudo isso em meio à exuberante vegetação amazônica e abençoado pelas águas cristalinas dos rios Tapajós e Arapiuns.

Alter do Chão é uma charmosa vila que faz parte do município de Santarém, e abriga uma população de pouco mais de 6.000 habitantes. 

Localizada a 1.350 km da capital Belém, essa encantadora vila encontra-se a apenas 34 km de distância do Aeroporto de Santarém, que é a principal porta de entrada para viajantes que desejam explorar a região, vindo de todas as partes do Brasil.

Os visitantes têm a oportunidade única de explorar os magníficos rios paraenses, desfrutando de banhos inesquecíveis em praias de areia branca, explorando florestas encantadoras e se deliciando com uma culinária espetacular.

O Pará aguarda ansiosamente por aqueles que desejam mergulhar de cabeça nessa experiência única e desfrutar de toda a beleza que Alter do Chão tem a oferecer. 

Pensar em explorar uma praia na região norte do Brasil pode, à primeira vista, parecer um plano complicado. No entanto, a realidade é bem mais simples!

Visitar Alter do Chão é muito mais fácil do que se pode imaginar, sendo um destino ideal para desfrutar de férias ao lado da sua família.

Para facilitar ainda mais a sua jornada, elaboramos este artigo para apresentar todas as maravilhas que este paraíso tem a oferecer! Descubra agora todas as atividades que você e sua família podem desfrutar em Alter do Chão!

O que fazer com a família em Alter do Chão?

Fonte: Amanda Galvão – Lago Verde, Ponta da Valéria

Alter do Chão é daqueles destinos que encantam os amantes de praias paradisíacas, oferecendo acesso descomplicado a autênticos pedaços do paraíso.

Independentemente de você ser um viajante solitário, um casal em busca de serenidade, uma família com crianças ou até mesmo um aventureiro experiente, este é um roteiro que se encaixa perfeitamente para todos os perfis.

Os passeios de lancha proporcionam acesso tanto a praias próximas à vila quanto a faixas de areia mais remotas, permitindo a adaptação do nível de aventura de acordo com as preferências individuais de cada turista.

 À noite, a maioria dos visitantes se deleita com as saborosas iguarias locais nos restaurantes da vila. Para os que desejam mais animação, a dança do carimbó é uma alternativa cativante!

E para aqueles que buscam uma experiência verdadeiramente única, a oportunidade de passar uma noite sob o esplendor das estrelas em uma praia deserta ou relaxar em uma confortável rede nas comunidades ribeirinhas ou na Floresta Nacional do Tapajós é algo que não pode ser deixado de lado.

As vastas extensões de areia fina e clara que se formam ao longo das margens dos rios Tapajós e Arapiuns durante a temporada de seca pintam um cenário verdadeiramente deslumbrante nos arredores de Alter do Chão.

São inúmeras faixas e pontas de areia que se estendem delicadamente para dentro das águas doces, e algumas delas até permanecem sem nome. As praias mais conhecidas, em geral, contam com estabelecimentos como restaurantes ou quiosques para atender aos turistas.

Enquanto isso, as praias menos conhecidas oferecem uma atmosfera isolada e a sensação de estar em um paraíso privativo. Independentemente do seu tipo de praia favorito, podemos assegurar que todas elas exibem uma beleza extraordinária!

À medida que você explora um número maior de praias, acumula momentos verdadeiramente inesquecíveis.

É relevante mencionar que as praias em Alter do Chão emergem somente durante o período de estiagem, quando o nível dos rios recua e as faixas de areia surgem em todo o seu esplendor.

Para explorar uma variedade de praias, a melhor abordagem é investir em passeios de barco ou lanchas. Existem rotas diversificadas que atendem a diferentes tipos de turistas.

Esses passeios são conduzidos por agências de turismo, pela Associação de Turismo Fluvial de Alter do Chão (ATUFA) ou por profissionais particulares.

Para desfrutar de maior flexibilidade na elaboração do itinerário, a opção ideal é contratar um barqueiro particular e discutir diretamente com ele as paradas do passeio.

Aqui vai uma lista de lugares incríveis e formas de explorar a região com a família.

Ilha do Amor

Fonte: Amanda Galvão – Ilha do Amor

A Ilha do Amor é o principal atrativo para os turistas que chegam a Alter do Chão. Embora seja chamada de “ilha”, na realidade, é uma faixa de areia que se conecta ao continente, situada entre o Lago Verde de um lado e o Rio Tapajós do outro.

Cercada por encantadoras embarcações coloridas e posicionada em frente à vila, esta é a praia mais famosa de Alter do Chão.

Nos ensolarados fins de semana, é comum que ela se encha de visitantes (inclusive os locais aproveitam a praia), mas durante a semana, o ambiente é notavelmente tranquilo e, frequentemente, quase deserto.

Morro da Piroca

Fonte: Amanda Galvão – Vista do Pôr-do-sol na Serra da Piroca

Como o maior morro da região, o Morro da Piroca se ergue majestosamente na paisagem da floresta amazônica e proporciona uma vista panorâmica de 360 graus dos arredores de Alter do Chão.

Do topo, é possível avistar o Lago Verde, o Lago das Piranhas, a Ponta do Cururu e o imponente Rio Tapajós, além de toda a cidade de Alter do Chão, é claro.

Praia da Ponta de Pedras

Fonte: Amanda Galvão – Praia de Ponta de Pedras

Às margens do Rio Tapajós, a Praia da Ponta de Pedras é uma dessas faixas de areia que cativam todos os gostos. Seu cenário, único entre as praias de Alter do Chão, apresenta formações rochosas à beira do rio.

Embora vários restaurantes estejam localizados na parte de trás da praia, a melhor experiência é sentar-se com os pés na água e desfrutar sem pressa. Não há necessidade de se preocupar em pedir cerveja e petiscos, pois o serviço dos restaurantes chega até você!

Se desejar escapar do movimento de turistas, basta caminhar por cinco minutos, e logo você terá a sensação de estar em uma praia deserta.

Praia do Pindobal

Fonte: Amanda Galvão – Praia de Pindobal

É uma das preferidas dos turistas que desejam aproveitar os quiosques e restaurantes durante o dia. Com várias cabanas de palha à beira do Rio Tapajós, a Praia do Pindobal oferece o ambiente perfeito para relaxar.

Você pode alugar uma dessas sombras agradáveis nos restaurantes locais e passar o dia inteiro sem preocupações.

Além disso, a Praia do Pindobal se destaca pelo magnífico pôr do sol que ocorre sobre a água, bem em frente às barracas da praia. Quando o dia chega ao fim, aproveite a oportunidade para registrar esse espetáculo natural.

Jutubinha

Fonte: Amanda Galvão

A Ponta do Jutuba apresenta uma encantadora extensão que se projeta em forma de gancho sobre o Rio Tapajós, oferecendo um dos cenários mais belos de Alter do Chão.

De um lado, a praia forma uma piscina natural profunda, enquanto do outro, a diversão é proporcionada pelas ondas imponentes do Rio Tapajós.

A diferença entre os dois lados não se limita apenas à paisagem, pois a temperatura da água varia conforme a área onde você escolhe mergulhar.

A Ponta do Jutuba está diretamente conectada à Praia do Jutuba, permitindo que os visitantes transitem livremente entre as duas. Quanto mais tempo você puder passar nesse local, melhor será a sua experiência.

Floresta Nacional do Tapajós

Fonte: Amanda Galvão – Igarapé da Flona do Tapajós

Conhecer a rica biodiversidade da Floresta Amazônica é uma experiência enriquecedora para adultos e crianças.

Contrate um guia local para explorar trilhas, aprender sobre a flora e fauna da região e entender a importância da conservação ambiental.

Essa imersão na natureza proporcionará momentos de aprendizado e conexão com o meio ambiente, despertando a consciência ecológica dos mais jovens.

Praias e passeios de barco

Fonte: Amanda Galvão – Praia de Carapanari

O Rio Tapajós é o principal atrativo de Alter do Chão, e suas águas calmas e cristalinas convidam os visitantes a desfrutarem das diversas praias e passeios de barco disponíveis na região.

Durante o período de cheia dos rios, entre fevereiro e junho, é possível fazer passeios de barco para conhecer as áreas alagadas e os igapós, explorando a flora e fauna amazônica.

Já na época da seca, entre julho e janeiro, as praias de areias brancas e finas se revelam, proporcionando momentos de relaxamento e diversão para toda a família.

Passeios de canoa e stand-up paddle

Stand Up Paddle em Alter do Chão
Fonte: Blog da Auroraeco

Alugue uma canoa ou pratique stand-up paddle para percorrer os igarapés e desvendar os segredos da floresta inundada. Essas atividades são adequadas para toda a família e oferecem uma perspectiva única do ecossistema amazônico.

Visita à comunidade e interação com os moradores

Fonte: Amanda Galvão – Projeto Galerias na comunidade de Urucureá – Rio Arapius

Uma das melhores maneiras de entender a cultura local é visitar as comunidades ribeirinhas ao redor de Alter do Chão.

Os moradores são amigáveis e acolhedores, e os turistas podem aprender sobre suas tradições, artesanato e culinária típica. Essa interação proporciona uma experiência enriquecedora e um maior entendimento da vida na Amazônia.

Festa de São João

Se a sua viagem coincidir com o mês de junho, não deixe de participar da tradicional Festa de São João em Alter do Chão.

A celebração é repleta de danças típicas, música ao vivo, comidas regionais e fogueiras, proporcionando uma experiência cultural divertida e envolvente para toda a família.

Apreciar a gastronomia amazônica

Experimentar a culinária local é uma parte essencial da viagem. É uma oportunidade muito rica em termos de vivência cultural porque para pessoas que moram em outras regiões ou estados do Brasil, boa parte dos sabores e pratos é desconhecida.

Os restaurantes e quiosques à beira do rio oferecem uma grande variedade de opções para agradar a todos os paladares. Aproveite para degustar pratos com peixes de água doce, como tambaqui, pirarucu e tucunaré, além de saborear deliciosas frutas tropicais da Amazônia.

Comprar artesanato e lembranças

Fonte: Amanda Galvão -Artesanato feito com palha de tucumã da comunidade Coroca

Leve para casa uma lembrança especial de sua viagem adquirindo o artesanato local.

Na Feira de Artesanato de Alter do Chão, você encontrará peças únicas de cerâmica, bijuterias, roupas e outros itens feitos à mão pelos moradores da região. Essas lembranças também contribuem para o apoio à economia local e ao sustento das comunidades.

Aproveite o tempo em família

Além de todas as atividades, o mais importante é aproveitar o tempo em família, compartilhando momentos de alegria, aventura e aprendizado juntos.

Aproveite a oportunidade para fortalecer os laços afetivos e criar memórias inesquecíveis que serão tesouros para toda a vida.

Alter do Chão, pérola da Amazônia

Fonte: Amanda Galvão – Ilha do Amor

Localizada no coração da Amazônia brasileira, a vila de Alter do Chão é uma verdadeira pérola escondida na região norte do país.

Com suas paisagens exuberantes, praias de água doce deslumbrantes e uma rica cultura amazônica, Alter do Chão encanta visitantes de todo o mundo, tornando-se um destino turístico cada vez mais procurado.

Neste artigo exploraremos os encantos e peculiaridades desse lugar paradisíaco, que é um verdadeiro tesouro nacional.

A vila é localizada às margens do rio Tapajós. Por isso, frequentemente é apelidada de “Caribe Amazônico” devido às suas águas cristalinas e praias de areias finas e brancas.

Durante o período de cheia dos rios, que ocorre entre os meses de fevereiro a junho, o Tapajós extravasa a a floresta se alaga transformando trilhas em percursos feitos numa canoa.

Já no período de seca, as praias se revelam, proporcionando uma atmosfera única e encantadora e a famosa “Ponta do Cururu”, uma espécie de península de areia branca, se torna um dos principais atrativos da região.

Além das belezas naturais, a vila também é conhecida pela sua rica cultura e tradições. A população local, em sua maioria ribeirinha, é acolhedora e mantém viva a essência da região.

A dança do carimbó, a culinária típica com peixes de água doce e a produção artesanal de palha são apenas alguns exemplos das tradições culturais que os visitantes podem experimentar e apreciar durante sua estadia em Alter do Chão.

Outro destaque da região é a Floresta Nacional do Tapajós, uma unidade de conservação que abriga uma diversidade única de fauna e flora amazônica.

Guias locais oferecem passeios de lancha e trilhas, proporcionando aos turistas a oportunidade de explorar e aprender sobre o ecossistema complexo e delicado da floresta tropical.

A comunidade de Alter do Chão tem se esforçado para promover o turismo sustentável e consciente, buscando equilibrar o desenvolvimento econômico com a preservação do meio ambiente.

Esforços de educação ambiental e projetos de conservação têm sido implementados para proteger a natureza local e conscientizar tanto os moradores quanto os visitantes sobre a importância de preservar a Amazônia para as futuras gerações.

Além das atrações naturais, a vila oferece uma variedade de atividades para os turistas. Passeios de barco pelos igarapés, que são os canais de água da região, são uma ótima maneira de apreciar a flora e fauna locais, incluindo a possibilidade de avistar botos cor de rosa, jacarés e aves exóticas.

Os mais aventureiros podem se aventurar em trilhas pela floresta, proporcionando uma experiência imersiva na selva amazônica.

A gastronomia local também é uma atração à parte. Restaurantes e quiosques à beira do rio oferecem pratos deliciosos com peixes regionais, como o famoso tambaqui assado na brasa ou a ventrecha pirarucu, além de outras iguarias com sabores únicos da região amazônica.

À noite, a vila de Alter do Chão ganha vida com a música e a animação dos bares e casas de shows. Os ritmos envolventes do carimbó embalam os visitantes, proporcionando uma experiência cultural autêntica e vibrante.

Qual a melhor época do ano para conhecer Alter do Chão com a família?

Saber a melhor época do ano para explorar Alter do Chão é um ponto crucial para quem está planejando uma visita com a família a esta região.

Em Alter do Chão, a seleção da temporada de viagem desempenha um papel significativo, uma vez que a paisagem local passa por mudanças notáveis de acordo com o volume de chuvas.

A melhor época para aproveitar as renomadas praias fluviais, que são as atrações principais da área, incluindo Santarém e Belterra, é durante o chamado “verão amazônico,” que se estende de julho a janeiro.

Por outro lado, para aqueles que desejam embarcar em passeios de barco pela floresta e apreciar a rica fauna, o período mais aconselhável é o “inverno amazônico,” que ocorre principalmente de fevereiro a junho, durante a estação chuvosa.

Quanto tempo ficar?

“Quanto tempo minha família e eu podemos planejar ficar em Alter do Chão?”

Vamos ajudá-lo com essa dúvida!

É importante não subestimar a diversidade da região, pois Alter do Chão vai muito além da conhecida Praia da Ilha do Amor. Nos arredores, você encontrará inúmeras praias fluviais para aproveitar durante a viagem.

Além das praias, Alter do Chão oferece uma riqueza de atrações adicionais, como florestas, lagoas, igarapés, igapós, canais e comunidades ribeirinhas que enriquecem consideravelmente a experiência da viagem.

Portanto, quanto mais tempo você puder dedicar a Alter do Chão, melhor será sua oportunidade de explorar e desfrutar de tudo o que essa região tem a oferecer! Para desfrutar plenamente e explorar as principais atrações de Alter do Chão sem pressa, o período de uma semana se revela o ideal.

Durante esse intervalo de sete dias, você terá a oportunidade de conhecer as praias mais emblemáticas ao longo do Rio Tapajós e Rio Arapiuns, aventurar-se na exploração da Floresta Nacional do Tapajós, relaxar nas areias douradas da encantadora Praia da Ilha do Amor, conquistar o topo do Morro da Piroca, navegar serenamente pelas águas do Lago Verde e, adicionalmente, desfrutar de um cativante passeio pelos canais, igapós e igarapés da região.

Ainda que uma semana permita uma experiência abrangente, acredite, você permanecerá com a sensação de que há muito mais para descobrir em Alter do Chão.

Se a sua intenção é viajar sem pressa, com a liberdade de voltar à sua praia favorita, explorar praias mais afastadas a pé e visitar atrações distantes, a escolha ideal é passar dez dias em Alter do Chão.

Com esse tempo adicional, você até pode considerar uma emocionante viagem de barco de Santarém a Belém ou Manaus.

A jornada é verdadeiramente espetacular e oferece um vislumbre do que é navegar pelos grandiosos rios da Amazônia.

Caso opte por apenas um trecho, a rota de Santarém para Belém é altamente recomendada, pois o barco inicia a viagem na confluência dos Rios Tapajós e Amazonas, passando próximo às comunidades ribeirinhas da Ilha do Marajó.

No entanto, se estiver com pressa e tiver um tempo limitado para viajar, não hesite em ir mesmo assim! Um mergulho nas águas do Tapajós é uma experiência incrível, mesmo que seja por apenas um dia.

Um feriado prolongado de três ou quatro dias é a opção perfeita para explorar o essencial da região e permanecer com um desejo irresistível de voltar.

Conclusão

Fonte: Mucio Selvas

Aproveite as dicas e saiba que Alter do Chão é um convite para se desconectar do dia a dia e se conectar com a natureza.

Desfrute de cada minuto da sua viagem em família mergulhando nas águas, passeando pelas praias de areia branca, contemplando a exuberância da Amazônia e degustando todos os pratos e peixes paraenses que encontrar.

Aqui, o ritmo é sereno, e não há necessidade de lutar contra ele. Entre nessa sintonia e permita-se desacelerar do frenesi do cotidiano.

Celebre cada pôr do sol, observe atentamente as águas do rio e deixe-se encantar pelos botos, que sempre fazem sua aparição.

Alter do Chão revela toda a sua magia quando vista com os próprios olhos, sem a intermediação de uma tela de celular.

Tire fotos, é claro, mas não deixe de eternizar suas preciosas memórias na sua mente, a ferramenta mais eficiente que possuímos. Tenha uma maravilhosa viagem e aproveite ao máximo tudo o que Alter do Chão tem para oferecer!

Amanda Galvão
Amanda Galvão

Meu nome é Amanda Galvão, sou sócia-proprietária da Casa Saimiri, uma pousada em Alter do Chão. Sou uma pessoa direta, realista e leal. Meu objetivo é proporcionar uma experiência incrível aos meus hóspedes, fazendo com que se encantem com as belezas da região. Além disso, busco promover a conscientização sobre a importância de proteger e preservar nossa fauna. Sou apaixonada por música, especialmente rock 'n roll e heavy metal, e adoro ler, fotografar e pintar. Sou determinada em alcançar meus objetivos de vida e deixar um impacto positivo na vida das pessoas que me cercam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A hospedagem mais bem avaliada no Google em Alter do Chão