O que fazer com crianças em Alter do Chão? Descubra aqui

Pensar em explorar uma praia na região norte do Brasil, especialmente com crianças, pode, à primeira vista, parecer um plano complicado. No entanto, a realidade é bem mais simples do que se pode imaginar! Continue lendo este artigo e você vai descobrir o que fazer com crianças em Alter do Chão.

Localizada a 1.350 km da capital Belém, essa encantadora vila encontra-se a apenas 34 km de distância do Aeroporto de Santarém, que é a principal porta de entrada para viajantes que desejam explorar a região, vindo de todas as partes do Brasil.

Alter do Chão presenteia seus visitantes com praias que rivalizam com os cenários mais espetaculares do país. Esse paraíso, envolto pela exuberante vegetação amazônica, é uma visão fascinante que encanta não apenas os adultos, mas também cativa os olhos curiosos das crianças.

Tudo isso é abençoado pelas águas cristalinas dos rios Tapajós e Arapiuns, tornando a experiência ainda mais especial para todas as idades.

Os visitantes têm a oportunidade singular de explorar os deslumbrantes rios paraenses, desfrutando de mergulhos memoráveis em praias de areia branca, explorando florestas encantadoras e saboreando uma culinária espetacular.

Além disso, a cidade, que abriga pouco mais de 6.000 habitantes, oferece um ambiente seguro, onde as crianças podem desfrutar da liberdade de explorar todas as maravilhas que ela tem a oferecer.

Viajar com crianças para o “Caribe da Amazônia” pode ser uma experiência enriquecedora tanto para os pequenos quanto para os adultos, tornando a viagem em família uma experiência memorável e educativa.

O que fazer com crianças em Alter do Chão? Veja nossas sugestões

O que fazer com a família em Alter do Chão
Fonte: dream is destiny… (Flickr)

Viajar com crianças em Alter do Chão e na Amazônia como um todo é uma oportunidade única para a família se conectar com a natureza, mergulhar em culturas diversas e aprender sobre a importância da preservação ambiental.

Com suas praias paradisíacas, florestas intocadas e comunidades acolhedoras, essa experiência ficará gravada na memória dos pequenos viajantes, inspirando-os a apreciar e respeitar o esplendor da Amazônia e a valorizar a importância de proteger nosso planeta para as gerações futuras.

Seja explorando as maravilhas naturais, mergulhando na cultura local ou participando de atividades educativas, Alter do Chão promete uma viagem emocionante e educativa para toda a família.

Veja abaixo algumas experiências inesquecíveis para fazer com crianças durante uma viagem para Alter do Chão:

Aproveitar as praias de água doce e Banhos no Rio Tapajós

Fonte: Amanda Galvão – Ilha do Amor

As praias de água doce que se formam durante a temporada de seca, entre julho e janeiro, são a atração mais popular de Alter do Chão.

Essas praias, conhecidas como “ilhas” e “pontos”, são perfeitas para famílias com crianças, pois oferecem águas calmas e rasas, ideais para banhos seguros e brincadeiras na areia branca.

Os pequenos se encantarão com a sensação de estar em uma verdadeira praia em meio à floresta amazônica.

Fazer passeios de barco pelos Igarapés

Fonte: Mucio Selvas

Explorar os igarapés, os estreitos canais naturais que cortam a floresta, é uma experiência fascinante para as crianças.

Passeios de barco permitem que elas observem a vida selvagem local, como aves coloridas, macacos e até mesmo botos cor-de-rosa que frequentemente aparecem nas margens do Rio Tapajós.

Algumas operadoras oferecem excursões específicas para crianças, incluindo jogos, pintura facial e contação de histórias, tudo voltado para a temática amazônica.

Visitar a Floresta Amazônica

Fonte: Mucio Selvas – Flona do Tapajós – Comunidade de Maguari

Uma viagem à Amazônia não estaria completa sem uma imersão na floresta tropical. Guias locais especializados oferecem caminhadas pela mata adaptadas para crianças, permitindo que elas aprendam sobre as plantas, animais e a importância da conservação da floresta.

Essas experiências educativas promovem uma conexão com a natureza e incentivam a conscientização ambiental desde cedo.

Observar aves

A Amazônia é o lar de uma rica diversidade de aves, e Alter do Chão oferece oportunidades fantásticas para a observação de aves.

Crianças e adultos podem desfrutar de sessões emocionantes de “birdwatching” ao longo das trilhas da região, avistando araras, tucanos e inúmeras outras espécies coloridas que alegram o céu amazônico.

Ter interação com a cultura local

Foto: Amanda Galvão (Rio Arapiuns)

As comunidades ribeirinhas de Alter do Chão são calorosas e acolhedoras. As crianças podem ter contato direto com a cultura local, aprendendo sobre a vida dos moradores, seus costumes, artesanatos e a rica história da região.

Algumas famílias ribeirinhas também recebem visitantes em suas casas, proporcionando uma experiência autêntica e enriquecedora.

Prestigiar danças e festivais tradicionais

Fonte: Amanda Galvão – Apresentação do Boto Tucuxi no Festival do Çairé

A cultura amazônica é rica em música, dança e festivais folclóricos. Durante certas épocas do ano, é possível participar de festividades locais, onde as crianças podem se divertir ao som de ritmos tradicionais e apreciar apresentações de danças típicas, como o carimbó.

Essa vivência cultural é uma oportunidade única para as crianças se conectarem com as tradições do lugar. Ter experiências assim enriquece o repertório da criança e aumenta seus referenciais.

Praticar stand-up paddle (SUP) e caiaque

Stand Up Paddle em Alter do Chão
Fonte: Blog da Auroraeco

Com águas tranquilas e seguras, o Rio Tapajós é perfeito para a prática de stand-up paddle e caiaque.

Essa é uma atividade emocionante para crianças e adultos, permitindo explorar o rio em um ritmo mais tranquilo e próximo da natureza, além de proporcionar vistas deslumbrantes da região.

Além disso, é uma ótima atividade para fazer junto do pai e da mãe, o que promove integração e senso de união familiar durante a viagem.

Ver o pôr do sol no Sairé

Fonte: Amanda Galvão

O Sairé é uma festa tradicional que acontece em Alter do Chão, celebrando a cultura e a religiosidade da região. Durante o evento, um dos momentos mais especiais é o pôr do sol no Lago Verde, um espetáculo natural deslumbrante.

Crianças e adultos ficarão maravilhados com as cores vibrantes pintando o céu e a paisagem ao redor. É um excelente momento para fazer lindos registros fotográficos em família.

Quem sabe, até deixar as crianças fotografarem e registrarem suas próprias impressões do momento.

Participar de vivências em comunidades de artesãos

Fonte: Amanda Galvão – Aprendendo a trançar a palha na comunidade de Urucureá

Alter do Chão é conhecido pelo artesanato local, que inclui produtos feitos de materiais naturais, como palha, madeira e sementes.

Visitar as comunidades de artesãos e participar de oficinas com as crianças é uma forma de aprender sobre a cultura e, ao mesmo tempo, apoiar a economia local.

Explorar a Praia da Ilha do Amor

Fonte: Amanda Galvão

A Praia da Ilha do Amor é uma das atrações mais icônicas de Alter do Chão. As crianças se divertirão explorando a ilha e descobrindo suas formações rochosas, vegetação nativa e, claro, brincando na areia e nadando nas águas cristalinas.

Essa é uma experiência imperdível para famílias que desejam se conectar com a natureza e criar memórias inesquecíveis.

Vale a pena visitar Alter do Chão com crianças?

Vale muito! Alter do Chão é um destino mágico e envolvente para férias em família, oferecendo um cenário único para criar memórias inesquecíveis com as crianças.

Com uma mistura de natureza exuberante, cultura rica e atividades emocionantes, há uma infinidade de opções para entreter e encantar os pequenos viajantes.

Além disso, a variedade de atividades ao ar livre, contato com a natureza e enriquecedoras experiências culturais, as crianças se encantarão com as maravilhas deste paraíso tropical.

As praias de água doce são o ponto alto da viagem, proporcionando momentos de diversão e relaxamento para toda a família. As crianças vão adorar explorar as ilhas fluviais, nadar nas águas cristalinas e brincar na areia branca.

Além disso, os passeios de barco pelos igarapés são uma oportunidade para as crianças se maravilharem com a fauna e a flora amazônica, despertando seu interesse pela natureza e pela preservação ambiental.

A interação com a cultura local é enriquecedora e educativa. Conhecer as comunidades ribeirinhas, participar de festivais e aprender sobre artesanato e tradições regionais proporciona uma compreensão mais profunda da riqueza cultural da Amazônia.

Aventuras na floresta tropical, observação de pássaros coloridos, prática de esportes aquáticos como SUP e caiaque e assistir ao deslumbrante pôr do sol do Sairé são experiências que tornam a viagem ainda mais especial.

A imersão nesse cenário de beleza natural e autenticidade cultural garantirá uma conexão única entre as crianças e o meio ambiente.

Alter do Chão oferece um playground natural para as crianças explorarem e se encantarem, incentivando um amor pela natureza, respeito pela cultura local e uma conscientização da importância de preservar essa região espetacular para as futuras gerações.

Veja detalhadamente, em seguida, alguns dos principais motivos que comprovam por que vale a pena viajar com crianças para Alter do Chão.

Aprendizado na natureza

Fonte: Amanda Galvão – Espécie: Saimiri sp – Canal do Jari

Alter do Chão oferece a oportunidade perfeita para ensinar às crianças sobre a importância da natureza e da preservação do meio ambiente.

A região é cercada por floresta tropical, rios e praias de água doce, proporcionando um ambiente único para explorar e aprender sobre a biodiversidade da Amazônia.

À pouca distância de Alter do Chão, encontra-se um dos lugares mais mágicos da região: a Floresta Nacional do Tapajós.

Para aqueles que visitam Alter e nunca tiveram a oportunidade de explorar uma floresta com características amazônicas, não devem perder a chance de caminhar entre as majestosas árvores desta reserva, que abrange mais de 527 mil hectares.

O passeio leva os visitantes por trilhas que cortam a vegetação densa, proporcionando a oportunidade de observar a distinção entre uma floresta secundária e uma floresta primária. Durante o percurso, o guia compartilhará conhecimentos sobre diversas plantas e seu uso tradicional.

Os exploradores terão a oportunidade de contemplar espécies incríveis da Amazônia, como a imponente Árvore da Vida e a Seringueira, além de uma infinidade de outras plantas fascinantes, algumas das quais servem como papel e repelente natural contra insetos.

Além da visita diurna, aqueles que desejam estabelecer um contato mais íntimo com a floresta e as comunidades locais têm a opção de investir em um passeio com pernoite.

O acampamento pode ser realizado no coração da mata ou às margens do Rio Tapajós, oferecendo uma experiência ainda mais profunda e imersiva na beleza e na cultura da região.

Contato com culturas locais

Fonte: Amanda Galvão – Projeto Galerias conhecendo a Escola da Floresta

Conhecer a cultura dos povos indígenas e comunidades ribeirinhas é uma experiência enriquecedora para crianças.

Elas podem aprender sobre tradições, artesanato, música e culinária locais, proporcionando uma compreensão mais profunda da diversidade cultural do Brasil.

É raro deixar a encantadora vila de Alter do Chão sem ser cativado por pelo menos um dos sucessos de Dona Onete, a icônica rainha do Carimbó, que celebra a empolgante sensação causada pelo jambu.

O ritmo vibrante e contagiante do Pará gruda em sua mente e faz com que seu corpo entre em movimento, mesmo que você tente resistir.

E se você não conseguir resistir, por que não se juntar a essa festa? Permita-se envolver pelo Carimbó e participe das animadas rodas de dança.

As crianças, em especial, costumam ficar encantadas com as coreografias e são sempre bem-vindas para fazer perguntas e aprender mais!

Para apreciar uma apresentação espetacular, dirija-se ao Espaço Gastronômico, onde toda sexta-feira ocorrem espetáculos de música e dança que capturam a essência da cultura local.

Atividades ao ar livre

Fonte: Amanda Galvão (Canal do Jari – Casa da Dulce)

Alter do Chão oferece uma variedade de atividades ao ar livre, como caiaque, stand-up paddle, natação e pesca. As crianças podem aproveitar ao máximo essas atividades em um ambiente seguro e desfrutar das águas cristalinas dos rios da região.

A jornada até o Canal do Jari é particularmente fascinante para as crianças.

O trajeto de lancha que percorre esse canal proporciona a oportunidade de explorar cenários deslumbrantes, onde se poderá avistar casas típicas ribeirinhas, a exuberante vegetação amazônica, uma variedade de aves e até mesmo alguns animais, como preguiças, macacos, jacarés e, com um pouco de sorte, até mesmo alguns botos.

O Canal do Jari revela sua beleza máxima durante a estação chuvosa, quando a vegetação está exuberante e o rio, cheio, possibilita a chegada a locais onde as majestosas vitórias-régias estão em seu esplendor.

Alimentação saudável

A culinária amazônica é rica em frutas frescas, peixes e vegetais, proporcionando uma oportunidade para as crianças experimentarem novos sabores e se alimentarem de forma saudável. Isso pode ser uma ótima maneira de expandir o paladar dos pequenos.

Os passeios que partem de Alter do Chão em direção ao Rio Arapiuns frequentemente contemplam uma parada para almoço nas comunidades ribeirinhas.

Essas localidades, preparadas para receber turistas, oferecem refeições deliciosas, sempre preparadas com peixes frescos e aquele sabor caseiro que nos remete à comida da vovó.

Além disso, as crianças têm a chance de interagir com os moradores locais, que invariavelmente possuem histórias fascinantes para compartilhar. Essa experiência representa uma oportunidade extraordinária para imergir na cultura e no autêntico modo de vida dos ribeirinhos.

Sensação de aventura

Fonte: Amanda Galvão – passeio pelo igarapé da Flona do Tapajós

A viagem para Alter do Chão é uma aventura por si só, com a possibilidade de acampar na floresta, fazer passeios de barco emocionantes e explorar praias desertas. As crianças adoram a sensação de liberdade e descoberta que essa experiência proporciona.

Quanto à busca por aventuras, por que não considerar uma trilha com os pequenos? A subida ao Morro da Piroca é bastante suave, e a trilha, começando a partir da vila de Alter do Chão, leva menos de uma hora a pé.

O percurso segue pela Ilha do Amor e continua até a placa que indica o início da subida. Vários passeios fazem uma parada diretamente na entrada da trilha do morro, o que reduz consideravelmente a duração total da experiência.

Aulas práticas de geografia e ciências

A região da Amazônia é um excelente laboratório natural para ensinar conceitos de geografia, ecologia e ciências naturais. As crianças podem aprender sobre o ciclo da água, o funcionamento dos ecossistemas e a importância da preservação da floresta tropical.

Falando em laboratório natural, o Lago Verde acaricia a Ilha do Amor e revela inúmeros outros cenários deslumbrantes para aqueles que desejam explorá-lo mais a fundo.

Uma excelente maneira de iniciar a sua jornada de descoberta pelo lago é seguir pela sua margem, explorando diferentes praias ao longo do caminho.

Para uma experiência mais imersiva, você pode até mesmo optar por alugar um caiaque e remar pelas águas, permitindo-se mergulhar na paisagem circundante.

Com um pouco de energia extra – que não falta nas crianças – não será difícil alcançar os locais mais pitorescos do lago, onde os igapós e as nascentes de águas cristalinas aguardam sua exploração.

Outra atração imperdível que merece uma visita é a “Floresta Encantada”. Este local se torna particularmente cativante durante a época de cheia, e o acesso é possível por meio de um passeio de lancha.

Ao chegar à floresta, os turistas são transferidos para uma canoa que os conduz para o interior da vegetação exuberante, onde é possível avistar uma rica variedade de aves, macacos e preguiças, além de apreciar a beleza natural que envolve o lugar.

Fomento à empatia e respeito pela natureza

Viajar para a Amazônia com crianças pode ajudar a cultivar um profundo respeito pela natureza e pela importância da preservação ambiental.

Elas podem ver em primeira mão os desafios enfrentados pela região e a necessidade de proteger esse ecossistema vital.

Levar crianças para Alter do Chão oferece uma série de vantagens notáveis.

Este paraíso amazônico, com suas águas cristalinas e praias de areias brancas, proporciona um ambiente natural único que estimula o aprendizado e o respeito pelo meio ambiente desde a infância.

As crianças têm a oportunidade de explorar a rica biodiversidade da região, observando aves exóticas, peixes coloridos e a vegetação exuberante da floresta tropical.

Além disso, passeios de canoa pelos igarapés, caminhadas na selva e banhos no Rio Tapajós, promovem um contato íntimo com a natureza e ajudam a desenvolver um senso de aventura e descoberta.

A interação com a cultura local e as comunidades ribeirinhas também enriquece a experiência, ensinando valores de respeito à diversidade.

Alter do Chão oferece um cenário ideal para fomentar a educação ambiental e o desenvolvimento pessoal das crianças, ao mesmo tempo em que proporciona momentos inesquecíveis de diversão e conexão com a natureza.

Qual a melhor época para visitar Alter do Chão com as crianças?

Com certeza, o período da seca.

Isso porque é o melhor momento para aproveitar as praias de rio, além de ser a “alta temporada” junto a férias escolares, o que aumenta de forma significativa a chance de conhecer outras crianças durante a viagem e fazer novos amigos.

Conclusão

Ao criar memórias inesquecíveis em meio às belezas naturais e culturais de Alter do Chão, estamos investindo no futuro de nossas crianças, inspirando uma conexão mais profunda com o planeta e um respeito duradouro pelo nosso ambiente.

Portanto, ao escolher Alter do Chão como destino para viagens em família, estamos não apenas proporcionando momentos felizes, mas também plantando sementes de conscientização e apreço pelo nosso incrível planeta.

Boa viagem!

Amanda Galvão
Amanda Galvão

Meu nome é Amanda Galvão, sou sócia-proprietária da Casa Saimiri, uma pousada em Alter do Chão. Sou uma pessoa direta, realista e leal. Meu objetivo é proporcionar uma experiência incrível aos meus hóspedes, fazendo com que se encantem com as belezas da região. Além disso, busco promover a conscientização sobre a importância de proteger e preservar nossa fauna. Sou apaixonada por música, especialmente rock 'n roll e heavy metal, e adoro ler, fotografar e pintar. Sou determinada em alcançar meus objetivos de vida e deixar um impacto positivo na vida das pessoas que me cercam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A hospedagem mais bem avaliada no Google em Alter do Chão