Tapajó Experiences

Excursões em Alter do Chão: explorando a beleza amazônica

As excursões em Alter do Chão são uma oportunidade incrível para conhecer esse verdadeiro paraíso escondido no coração da Amazônia brasileira.

Situada no estado do Pará, essa pequena vila ribeirinha se destaca por suas paisagens deslumbrantes, praias de areias brancas e águas cristalinas.

Conhecida como a “Caribe da Amazônia”, Alter do Chão é um destino único que atrai visitantes de todo o mundo em busca de aventuras na natureza, cultura amazônica autêntica e momentos de relaxamento em um ambiente deslumbrante.

Neste artigo, exploraremos os encantos e segredos dessa joia amazônica, revelando porque Alter do Chão é um destino imperdível para os amantes da natureza e da cultura brasileira, pontuando como chegar até lá, além de excursões, melhor época, opções de passeio e cicloturismo. 

Como chegar?

Para quem viaja de avião de qualquer parte do país, a alternativa mais conveniente consiste em desembarcar diretamente no Aeroporto Maestro Wilson Fonseca, localizado no município de Santarém.

Uma outra possibilidade, que pode se mostrar uma opção mais econômica, é primeiro dirigir-se do seu destino até Belém e, a partir daí, embarcar em outro voo com destino a Santarém. As principais companhias aéreas que oferecem esse percurso são a Gol, Azul e Latam.

O aeroporto mais próximo de Alter do Chão está localizado em Santarém. A partir de Santarém, para chegar à vila de Alter do Chão, é necessário percorrer uma distância adicional de aproximadamente 38 quilômetros.

Esse trajeto pode ser realizado por meio de diferentes opções de transporte, incluindo táxis, ônibus, serviços de transfer e um aplicativo local chamado Urbano Norte, que opera de maneira semelhante ao Uber.

O Urbano Norte está disponível para dispositivos Android e iOS, facilitando o deslocamento dos viajantes até o destino deslumbrante de Alter do Chão. 

Qual a melhor época do ano para ir ao paraíso amazônico?

Praia de Alter do Chão
Fonte: worldsurfr (Flickr)

Alter do Chão é caracterizado por dois períodos distintos que marcam sua paisagem de maneira única: a época das cheias e a época da seca.

Cada um desses períodos possui sua beleza singular, transformando a região de formas diferentes ao longo do ano.

Além disso, alguns passeios e atividades só podem ser desfrutados em momentos específicos. Para aqueles que desejam aproveitar as deslumbrantes praias fluviais, o período da seca é a escolha ideal.

Durante essa época, o Rio Tapajós passa pelo processo de vazante, resultando na diminuição do nível das águas.

Esse fenômeno ocorre principalmente entre os meses de agosto e novembro, embora possa se estender um pouco além desse período. Setembro é o mês em que acontece uma das festas mais renomadas da região, o Sairé.

No entanto, se você não deseja visitar a cidade quando ela está mais movimentada, é importante estar ciente dessa programação.

Durante o período de cheia, embora as praias fluviais não estejam acessíveis, a região oferece passeios incríveis ao longo do Rio Tapajós e através de florestas submersas, revelando uma beleza singular.

Esse fenômeno de cheia se torna mais visível e impressionante entre os meses de fevereiro e junho, quando o volume de chuvas na região aumenta consideravelmente.

Como contratar os passeios em Alter do Chão?

Existem várias maneiras de contratar passeios em Alter do Chão: você pode fazê-lo ao chegar na vila com os barqueiros locais, procurar agências locais ou até mesmo reservar online.

Tapajó Experiences

Tapajó Experiences
Fonte: Tapajó Experiences (TripAdvisor)

Entre as opções disponíveis, gostaríamos de destacar a Tapajó Experiences, uma escolha que oferece uma experiência verdadeiramente extraordinária.

A Tapajó Experience oferece hospedagem em um barco que percorre as comunidades ao longo do Rio Tapajós e seus afluentes, proporcionando um nível de conforto excepcional aos viajantes. A bordo, os visitantes podem desfrutar de bebidas, petiscos, música e uma atmosfera animada.

Além disso, essa jornada oferece uma oportunidade única para explorar a vastidão da floresta Amazônica, interagir com as comunidades ribeirinhas e aprender sobre suas tradições, desde a produção de farinha de mandioca até a emocionante focagem de jacarés.

As atividades oferecidas pela Tapajó Experience são variadas e incluem passeios por diversas praias, visitas à Floresta Nacional (Flona), contemplação das vitórias-régias, banhos em igapós, trilhas na selva e muito mais.

Para muitos, essa experiência supera a opção de se hospedar em Alter do Chão e realizar deslocamentos diários para as atrações, uma vez que permite uma imersão completa na cultura local por meio de passeios fascinantes pelas comunidades ribeirinhas.

Ao unir o conforto da acomodação em barcos com autênticas atividades e imersões culturais, essa iniciativa se evidencia como um paradigma de turismo responsável, que prioriza a conservação da natureza e a valorização da herança cultural local.

A Tapajó Experience não apenas cativa seus visitantes, mas também estimula uma reflexão profunda sobre a imprescindível preservação dos tesouros naturais e culturais da Amazônia, assegurando que as futuras gerações possam apreciar essas magníficas riquezas.

Além disso, se você e seus amigos e familiares curtem passeios mais radicais, como cicloturismo, temos também uma dica de uma empresa da região que proporciona momentos únicos sobre duas rodas.

Muriki Cicloturismo

Muriki Cicloturismo
Fonte: Muriki Cicloturismo (TripAdvisor)

A Muriki Cicloturismo representa a escolha definitiva para aqueles que desejam imergir na cultura e na deslumbrante beleza natural de uma das áreas mais icônicas da Amazônia.

Seus passeios de mountain bike estilo cross-country oferecem uma experiência sensorial verdadeiramente única, permitindo que você se conecte profundamente com as paisagens, os sons, as texturas e os sabores singulares desta região.

Esta empresa se entusiasma em compartilhar sua paixão pela Amazônia, proporcionando uma aventura memorável e enriquecedora que resultará em uma compreensão renovada e um profundo apreço por esse tesouro da natureza e da cultura.

Assim, seja você um ciclista experiente ou alguém que está iniciando nesse cativante universo das pedaladas, Alter do Chão se apresenta como um destino que supera todas as expectativas, oferecendo uma experiência singular que combina a paixão pela bicicleta com a magia da maior floresta tropical do mundo.

Não importa a estação do ano que escolha para visitar essa pérola da Amazônia, o ciclismo em Alter do Chão está sempre repleto de surpresas, desafios e momentos inesquecíveis, esperando por todos aqueles que desejam explorar suas trilhas e estradas.

Mais do que apenas uma atividade esportiva, o cicloturismo é uma imersão completa na deslumbrante beleza natural e cultural da Amazônia.

Pedalar por estradas sinuosas, desbravar trilhas envoltas pela densa floresta e explorar as praias fluviais de areias douradas são experiências que se entranham na memória de qualquer entusiasta das duas rodas, deixando uma marca inesquecível.

Quantos dias ficar em Alter do Chão?

É essencial não subestimar a diversidade da região, pois Alter do Chão vai muito além da famosa Praia da Ilha do Amor. Nos seus arredores, você encontrará inúmeras praias fluviais para desfrutar durante a sua viagem.

Além das praias, Alter do Chão oferece uma riqueza de outras atrações, como florestas, lagoas, igarapés, igapós, canais e comunidades ribeirinhas que enriquecem consideravelmente a experiência de sua jornada.

Portanto, quanto mais tempo você puder dedicar a Alter do Chão, mais oportunidades terá para explorar e aproveitar tudo o que essa região tem a oferecer!

Para vivenciar plenamente e explorar as principais atrações de Alter do Chão sem pressa, uma estadia de pelo menos 4 dias se mostra ideal.

Durante esse período de sete dias, você terá a oportunidade de conhecer as praias mais emblemáticas ao longo do Rio Tapajós e do Rio Arapiuns, aventurar-se na exploração da Floresta Nacional do Tapajós.

Além disso, poderá relaxar nas areias douradas da encantadora Praia da Ilha do Amor, conquistar o topo do Morro da Piroca, navegar serenamente pelas águas do Lago Verde e ainda desfrutar de um cativante passeio pelos canais, igapós e igarapés da região.

Embora uma semana permita uma experiência abrangente, você certamente ficará com a sensação de que há muito mais a descobrir em Alter do Chão.

É um destino de excursão que desperta a curiosidade e encanta os viajantes que buscam uma experiência autêntica e natural. Alter do Chão oferece muito mais do que praias deslumbrantes; é um convite para mergulhar na rica biodiversidade da Floresta Amazônica.

Conclusão

Bicicleta em Alter do Chão
Fonte: Muriki Cicloturismo (Flickr)

Excursões em Alter do Chão são jornadas incríveis de descoberta. Durante sua estadia, você terá a oportunidade de explorar a selva amazônica em sua forma mais intocada.

Trilhas na mata levam você a cenários deslumbrantes, onde é possível observar a flora exuberante e a vida selvagem única da região.

Os passeios de barco pelo Rio Tapajós são uma experiência inesquecível, levando os visitantes a locais como o Lago Verde, um verdadeiro oásis esmeralda escondido na selva.

Além da natureza impressionante, as excursões para Alter do Chão oferecem uma chance única de interagir com as comunidades locais, conhecendo suas tradições, artesanato e a culinária regional.

Provar pratos típicos como o tacacá, o pato no tucupi e o famoso açaí direto da fonte é uma experiência gastronômica imperdível.

Outro destaque de Alter do Chão é o ritmo tranquilo da vida à beira do rio, onde o tempo parece desacelerar e as preocupações do mundo moderno se dissipam.

Portanto, se você está em busca de uma experiência única na Amazônia, repleta de paisagens deslumbrantes, cultura rica e aventuras na selva, as excursões para Alter do Chão são a resposta.

Este destino amazônico oferece uma experiência autêntica e inesquecível para os amantes da natureza e da cultura, tornando cada visita uma jornada extraordinária de descoberta e apreciação do esplendor da Amazônia brasileira.

Amanda Galvão
Amanda Galvão

Meu nome é Amanda Galvão, sou sócia-proprietária da Casa Saimiri, uma pousada em Alter do Chão. Sou uma pessoa direta, realista e leal. Meu objetivo é proporcionar uma experiência incrível aos meus hóspedes, fazendo com que se encantem com as belezas da região. Além disso, busco promover a conscientização sobre a importância de proteger e preservar nossa fauna. Sou apaixonada por música, especialmente rock 'n roll e heavy metal, e adoro ler, fotografar e pintar. Sou determinada em alcançar meus objetivos de vida e deixar um impacto positivo na vida das pessoas que me cercam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A hospedagem mais bem avaliada no Google em Alter do Chão