Rio Arapiuns

Roteiro de 3 dias em Alter do Chão: como aproveitar a região?

Se você está em busca de uma experiência única em meio à natureza exuberante da Amazônia brasileira, um roteiro de 3 dias em Alter do Chão é a escolha perfeita para você.

Neste artigo, convidamos você a embarcar em uma jornada inesquecível por esse paraíso tropical, onde águas cristalinas, praias deslumbrantes, cultura rica e biodiversidade única se unem para criar um cenário de encanto e aventura.

Alter do Chão, também conhecida como “Caribe Amazônico”, é um destino que cativa todos os sentidos e oferece uma diversidade de experiências que refletem a essência da região.

Durante esses três dias, você terá a oportunidade de explorar tanto as maravilhas naturais quanto a rica cultura local.

Abra sua mente para uma aventura que revelará as belezas e os encantos que só a Amazônia é capaz de oferecer.

Prepare-se para desvendar as praias paradisíacas, as comunidades ribeirinhas acolhedoras, a fauna e a flora exuberantes, além das tradições que moldam a identidade desse lugar único.

Sem mais delongas, embarquemos juntos em um roteiro de 3 dias por Alter do Chão, onde cada momento promete ser uma descoberta emocionante e memorável.

Roteiro de 3 dias em Alter do Chão

Dia 1: explorando o Canal do Jari e as maravilhas naturais

Canal do Jari
Fonte: Amazoning Pic (Flickr)

No primeiro dia desse emocionante roteiro de 3 dias em Alter do Chão, mergulharemos em uma experiência fascinante pelo Canal do Jari, uma extensão do majestoso rio Amazonas que nos reserva encontros memoráveis e paisagens de tirar o fôlego.

Começaremos nossa jornada explorando dois locais cativantes dentro do Canal. Nossa primeira parada será na casa da Rosângela, onde teremos a oportunidade de embarcar na trilha das preguiças.

Esse passeio a pé nos levará pelas matas de várzea, um ambiente único repleto de biodiversidade. Durante o percurso, encontraremos o simpático Saimiri, também conhecido como “Mão-amarela”, um pequeno macaquinho que empresta seu nome à nossa pousada, Casa Saimiri.

Além disso, seremos brindados com avistamentos de preguiças e uma variedade de aves, como o Urutau, além de outras surpresas que a natureza nos reservar. Esse momento enriquecedor terá um custo simbólico de 30 reais por pessoa.

Continuando nossa jornada, nossa próxima parada será na casa da Dulce, uma mulher visionária que abraçou a culinária vegana de maneira única. No belo cenário de seu jardim de vitórias-régias, conheceremos essa planta emblemática da região.

Mas a experiência vai além, pois Dulce nos guiará por uma degustação de pratos veganos preparados com a vitória-régia, onde tudo, desde o talo até as pétalas, é aproveitado em suas criações

A trajetória de Dulce, inspirada pela observação dos hábitos alimentares dos animais da região, nos proporcionará uma reflexão sobre nossa própria relação com a natureza. Assim como o passeio anterior, essa experiência também terá um valor de 30 reais por pessoa.

Após uma manhã enriquecedora, nos despediremos do Canal do Jari para um almoço inesquecível na renomada Casa do Saulo. Eleita três vezes como o melhor restaurante da região Norte, este local nos receberá com deliciosos pratos que exploram os sabores amazônicos de maneira excepcional.

Não deixe de experimentar o icônico Paraíso Verde, composto por quatro medalhões de pirarucu acompanhados de arroz de chicória e homus de feijão Santarém.

E para acompanhar, os drinks são uma verdadeira atração à parte: o Puxuri Sour e o refrescante Taperebá Mule merecem destaque.

Após o almoço, nos refrescaremos com um mergulho nas águas do Lago Preto, um convite irrecusável para relaxar e aproveitar a beleza natural que nos cerca.

E para encerrar esse dia mágico, testemunharemos um pôr-do-sol espetacular na Ponta do Cururu, um cenário de tirar o fôlego que nos lembrará a grandiosidade da natureza e sua capacidade de nos maravilhar.

No final do dia, retornaremos às nossas acomodações com corações cheios de gratidão e memórias preciosas deste primeiro capítulo de nosso roteiro de 3 dias em Alter do Chão.

Dia 2: descobrindo o encanto do Rio Arapiuns

Rio Arapiuns
Fonte: MTur Destinos (Flickr)

O segundo dia do nosso roteiro de 3 dias em Alter do Chão nos reserva uma jornada pelo deslumbrante Rio Arapiuns, um afluente do majestoso Rio Tapajós, que nos levará a explorar novas paisagens e experiências cativantes.

Nossa aventura começa com uma emocionante travessia pelo Rio Tapajós, em sua margem mais larga, cobrindo cerca de 23 km até alcançarmos as águas tranquilas e serenas do Rio Arapiuns.

Uma vez lá, nossa primeira parada será em vários bancos de areia, onde teremos a chance de mergulhar nas águas escuras, mas surpreendentemente transparentes, do rio.

A contrastante areia branca do fundo cria um espetáculo visual magnífico, proporcionando um cenário que se destaca por sua beleza singular.

Já na segunda parada conheceremos a comunidade ribeirinha de Urucureá, onde as mulheres fazem um artesanato incrível super colorido e você poderá ver como as peças são criadas e ainda aprender como trabalhar com a palha de tucumã.

Após nossa imersão revitalizante, nos dirigiremos à acolhedora comunidade ribeirinha de Coroca para um almoço delicioso (custo à parte).

Os habitantes locais nos receberão com um peixe assado na brasa, uma iguaria tradicional, acompanhado por um feijão caseiro simplesmente irresistível.

Você terá a oportunidade de experimentar a autenticidade da culinária da região, enriquecendo ainda mais a sua experiência.

Após o almoço, você terá duas opções igualmente interessantes para escolher. Aqueles que desejam relaxar podem se acomodar em redes à margem do Rio Arapiuns, aproveitando o cenário tranquilo e pitoresco.

Para os curiosos e interessados em conhecer mais sobre a fauna e a flora local, uma visita ao projeto dos quelônios amazônicos e ao meliponário (criação de abelhas sem ferrão) é uma opção enriquecedora. Essa visitação também tem um custo adicional.

Continuando nossa jornada, exploraremos outras praias encantadoras ao longo do caminho, aproveitando cada parada para absorver a beleza natural da região.

E como não poderia ser diferente, finalizaremos esse dia cheio de descobertas com um pôr-do-sol inesquecível na Ponta do Cururu.

Com o coração cheio de novas experiências e lembranças preciosas, retornaremos ao nosso ponto de partida, ansiosos pelo que o terceiro dia do nosso roteiro de 3 dias em Alter do Chão nos reserva.

Dia 3: explorando a Floresta Nacional do Tapajós e as riquezas da comunidade de Jamaraquá

Floresta Nacional do Tapajós
Fonte: Leonardo Carvalho (Flickr)

No terceiro e último dia do nosso emocionante roteiro de 3 dias em Alter do Chão, nos dirigimos à Floresta Nacional do Tapajós para uma experiência imersiva na natureza intocada e nas maravilhas da comunidade de Jamaraquá.

Prepare-se para descobrir a rica biodiversidade da região e se envolver com as tradições locais.

Nossa jornada começa com uma viagem rio acima, em direção à comunidade de Jamaraquá, localizada na Flona do Tapajós.

A paisagem ao longo do Rio Tapajós é de tirar o fôlego, e a atmosfera tranquila permitirá que você mergulhe ainda mais fundo na beleza natural que Alter do Chão tem a oferecer.

Ao chegarmos à comunidade de Jamaraquá, embarcaremos em uma trilha de aproximadamente 11 km que nos levará através da mata secundária e primária da região.

Ao longo do caminho, encontraremos a majestosa Samaúma, também conhecida como a “árvore da vida”, um símbolo imponente da riqueza da floresta amazônica.

A trilha nos levará também a um igarapé, onde poderemos recarregar nossas energias nas águas límpidas e revitalizantes.

Após a trilha, teremos a oportunidade de saborear um almoço autêntico (custo à parte) no restaurante da Conceição. O destaque desse almoço é o famoso feijão, que conquistou uma reputação por superar até mesmo o peixe local em sabor. A refeição será uma verdadeira celebração dos sabores amazônicos.

Após o almoço, exploraremos mais da comunidade de Jamaraquá, visitando a lojinha local, onde as mulheres da comunidade criam artesanatos únicos usando o látex extraído da seringueira.

Esses produtos artesanais não só são belos, mas também representam a tradição e a habilidade das pessoas locais.

Em nosso retorno, faremos uma parada em uma das inúmeras praias ao longo do caminho, para apreciar mais um pouco da natureza e da serenidade que a região oferece.

E para finalizar o dia com chave de ouro, nos dirigiremos à deslumbrante Ponta do Muretá, onde testemunharemos o pôr-do-sol mais uma vez, uma imagem que captura a beleza e a grandiosidade da natureza.

Com o coração cheio de memórias, experiências e uma profunda conexão com a Amazônia, voltamos ao nosso ponto de partida, encerrando nosso roteiro de 3 dias em Alter do Chão.

Esse destino mágico, repleto de aventuras, cultura e natureza, certamente permanecerá em nossos corações por muito tempo.

Conclusão

Em um roteiro de 3 dias em Alter do Chão, fomos presenteados com uma jornada de descobertas profundas e experiências transformadoras.

Cada momento desse itinerário vai proporcionar uma conexão única com a natureza, a cultura e as pessoas incríveis que habitam essa região da Amazônia.

Nossos dias serão preenchidos com mergulhos em águas cristalinas, trilhas por matas exuberantes, encontros com animais emblemáticos e a oportunidade de experimentar a autenticidade da culinária local.

Conheceremos pessoas inspiradoras, como Rosângela e Dulce, que nos mostrarão a importância da harmonia entre o ser humano e a natureza.

Exploraremos rios e praias deslumbrantes, que nos lembrarão da imensidão e da beleza da Amazônia, um tesouro natural que merece nosso respeito e proteção.

Também compartilharemos momentos memoráveis com as comunidades locais, aprendendo sobre suas tradições e a maneira como vivem em harmonia com a floresta.

Cada pôr-do-sol na Ponta do Cururu e na Ponta do Muretá foi uma celebração da vida e da grandiosidade da criação.

Observar o sol se despedir no horizonte, tingindo o céu com cores vibrantes, nos lembrará da magia intrínseca da natureza e da importância de preservar esses tesouros naturais para as gerações futuras.

Enquanto nos despedimos de Alter do Chão, levaremos conosco lembranças indeléveis, lições valiosas e um profundo respeito pela Amazônia e suas maravilhas.

Sem dúvida, essa jornada nos inspira a ser mais conscientes do nosso papel como guardiões desse planeta extraordinário e a compartilhar a beleza e a importância da região de Alter do Chão com outros viajantes.

Assim, encerramos nosso roteiro de 3 dias em Alter do Chão. Que essas experiências possam inspirar você a explorar, preservar e celebrar a riqueza da natureza e da cultura que encontrar nesse destino único.

Amanda Galvão
Amanda Galvão

Meu nome é Amanda Galvão, sou sócia-proprietária da Casa Saimiri, uma pousada em Alter do Chão. Sou uma pessoa direta, realista e leal. Meu objetivo é proporcionar uma experiência incrível aos meus hóspedes, fazendo com que se encantem com as belezas da região. Além disso, busco promover a conscientização sobre a importância de proteger e preservar nossa fauna. Sou apaixonada por música, especialmente rock 'n roll e heavy metal, e adoro ler, fotografar e pintar. Sou determinada em alcançar meus objetivos de vida e deixar um impacto positivo na vida das pessoas que me cercam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A hospedagem mais bem avaliada no Google em Alter do Chão