Ponta do Muretá

Roteiro de 7 dias em Alter do Chão: como aproveitar a região?

Imagine passar uma semana em um lugar onde as águas cristalinas do Rio Tapajós se encontram com praias de areia branca e fina, onde a exuberante floresta tropical se mistura com uma rica cultura local. Neste artigo, mergulharemos em um roteiro de 7 dias em Alter do Chão projetado para explorar todas as maravilhas que essa vila única tem a oferecer.

Durante uma semana em Alter do Chão, você terá a oportunidade não apenas de apreciar a beleza natural de tirar o fôlego, mas também de se envolver com a cultura local, experimentar deliciosos pratos amazônicos e se aventurar em atividades emocionantes.

Cada dia deste roteiro foi cuidadosamente planejado para que você possa aproveitar ao máximo sua estadia, seja você um amante da natureza, um entusiasta de aventuras ou alguém em busca de relaxamento à beira do rio.

Desde as praias deslumbrantes até as trilhas na floresta, das experiências culturais autênticas até as atividades aquáticas revigorantes, você encontrará todas as informações necessárias para planejar uma viagem inesquecível a Alter do Chão.

Preparado para embarcar nessa jornada de descobertas pela Amazônia? Então, confira nossa sugestão de roteiro de 7 dias em Alter do Chão.

Roteiro de 7 dias em Alter do Chão

Dia 1: Canal do Jari

Canal do Jari
Fonte: Amazoning Pic (Flickr)

O seu roteiro de 7 dias em Alter do Chão começa com uma aventura emocionante pelo Canal do Jari, uma introdução fascinante ao cenário natural e cultural que essa região amazônica tem para oferecer com o Geovanni Lobato e a Cuicuera Ecotour.

Ao embarcar no Canal do Jari, a primeira parada será na Casa da Rosangela. Aqui, você terá a chance de se conectar com a natureza enquanto percorre a trilha das preguiças.

Caminhe por entre a mata de várzea e esteja atento às maravilhas que a Amazônia tem para mostrar. Conheça o Saimiri, também chamado de Mão-amarela, um macaquinho charmoso que dá nome à nossa pousada.

Além disso, poderá avistar preguiças, aves como o Urutau e outros presentes que a natureza proporcionar. Essa experiência única tem um valor de 30 reais por pessoa, um pequeno investimento para a riqueza de conhecimentos e emoções que você colherá.

Após a trilha, a próxima parada será na Casa da Dulce, uma oportunidade imperdível para mergulhar nas tradições locais.

No jardim de vitórias-régias, você conhecerá essa planta emblemática da região e até terá a chance de degustá-la. A criatividade de Dulce em transformar a vitória-régia em pratos veganos únicos é um verdadeiro tesouro.

Desfrute de sua culinária enquanto ouve histórias sobre sua visão inovadora de compartilhar essa iguaria.

Para o almoço, nada melhor do que a Casa do Saulo, um restaurante que conquistou o título de melhor da região Norte por três vezes.

Delicie-se com pratos deliciosos e autênticos, com destaque para o “Paraíso Verde”, composto por 4 medalhões de pirarucu acompanhados de arroz de chicória e homus de feijão Santarém. Não deixe de experimentar os drinks locais, como o refrescante “Puxuri Sour” ou o doce “Taperebá Mule”.

Após o almoço, é hora de relaxar e se refrescar no Lago Preto, onde você poderá mergulhar e apreciar a beleza das águas locais. Aproveite esse momento para se conectar com a natureza e revigorar suas energias.

Para encerrar o dia com chave de ouro, dirija-se à Ponta do Cururu para testemunhar o espetacular pôr-do-sol amazônico.

As cores vibrantes do céu se misturam com as águas calmas do rio, criando um cenário verdadeiramente memorável.

Essa experiência completa o seu primeiro dia em Alter do Chão, marcando o início de uma semana cheia de descobertas e aventuras.

  • Dica: Lembre-se de levar dinheiro em espécie para pagar pelas experiências e refeições, pois nem todos os lugares aceitam cartões. Prepare-se para as atividades ao ar livre usando roupas leves, calçados confortáveis e protetor solar. Tenha também uma garrafa de água para se manter hidratado durante as atividades.
  • Dica: As lanchas dos nossos parceiros oferecem água mineral, frutas e bombons á vontade.

Dia 2: Lago Verde

Lago Verde
Fonte: Pedro Ivo (Flickr)

No segundo dia do seu roteiro de 7 dias em Alter do Chão, prepare-se para uma experiência autêntica de imersão na beleza do Lago Verde e da culinária local junto com o Cruviana Tour.

Vamos explorar as águas serenas e as praias encantadoras, tudo a bordo de uma embarcação nativa chamada Bajara, um barquinho tradicional todo feito de madeira.

O Lago Verde é um dos destinos mais deslumbrantes da região, e a melhor maneira de explorá-lo é a bordo de uma Bajara.

Essa embarcação única proporciona uma experiência autêntica, onde você se sentirá em sintonia com as tradições locais e a natureza exuberante que rodeia o lago.

Enquanto navega pelas águas tranquilas, admire as praias de areia fina e a vegetação exuberante que caracterizam o Lago Verde.

A atmosfera serena e a conexão com a natureza farão deste passeio uma experiência memorável. Durante o verão amazônico, você terá a chance de conhecer igarapés que só aparecem nessa estação, como o encantador igarapé do camarão.

Após explorar as águas do Lago Verde, é hora de desfrutar de uma refeição autêntica à beira da praia. A piracaia, um prato tradicional da região, é um peixe assado na brasa que carrega consigo o sabor inigualável da Amazônia.

Sinta o aroma tentador enquanto o peixe é grelhado de maneira habilidosa, capturando os sabores únicos da região.

Enquanto saboreia a deliciosa piracaia, permita-se relaxar na praia, ouvindo o som das ondas e admirando a vista panorâmica do lago.

Esse momento de tranquilidade e degustação é uma oportunidade perfeita para se conectar ainda mais com a natureza e com a rica culinária amazônica.

  • Dica: Lembre-se de levar protetor solar, chapéu e roupas confortáveis para proteger-se do sol durante o passeio de Bajara. Uma garrafa de água também é essencial para se manter hidratado. Além disso, esteja aberto para aprender sobre as tradições e histórias locais que os guias podem compartilhar durante o passeio.

Dia 3: Rio Arapiuns

Rio Arapiuns
Fonte: Paula Carpi (Flickr)

No terceiro dia do seu roteiro de uma semana em Alter do Chão, você terá a oportunidade de se aventurar nas águas do Rio Arapiuns, explorando sua beleza única e conhecendo a vida ribeirinha em comunidades locais.

A jornada começa com uma emocionante travessia do Rio Tapajós, uma das maiores bacias de água doce do mundo, até chegarmos ao Rio Arapiuns.

Enquanto navegamos por cerca de 23 km, você terá a chance de apreciar as vistas deslumbrantes do rio e da paisagem circundante.

Chegando ao Rio Arapiuns, prepare-se para ser cativado por suas águas escuras, mas surpreendentemente transparentes, que contrastam lindamente com as praias de areia branquinha.

Durante o passeio, a lancha fará paradas em vários bancos de areia, proporcionando oportunidades para mergulhar nas águas refrescantes e aproveitar a atmosfera única do rio.

A primeira parada será na comunidade de Urucureá, onde um grupo de mulheres comandam a produção de artesanato feito com a palha do tucumã e colorido naturalmente por diversas ervas. O artesanato é super colorido e muito bem acabado.

Você terá a chance de ver como as peças são feitas e se quiser poderá aprender com elas e quem sabe voltar com uma peça feita por suas mãos.

Na nossa segunda parada será a hora de recarregar as energias com um almoço autêntico na comunidade ribeirinha de Coroca.

O peixe assado na brasa e o feijão caseiro delicioso são destaques desse almoço que você pode desfrutar (o almoço é pago à parte).

Após o almoço, você terá duas opções para escolher. Se preferir relaxar, pode descansar em uma rede à margem do Rio Arapiuns, permitindo que a serenidade do ambiente o envolva.

Para uma experiência mais interativa, visite o projeto dos quelônios amazônicos, que se dedica à conservação das tartarugas da região e explore o meliponário, onde abelhas sem ferrão são criadas (a visitação também é paga).

No final da tarde, à medida que retornamos, faremos paradas em outras pitorescas pontas de praia. Desfrute de mais momentos para se refrescar, relaxar e apreciar as paisagens à beira d’água.

O dia culmina com o deslumbrante pôr-do-sol na Ponta do Cururu, proporcionando um cenário mágico e inesquecível para encerrar suas aventuras no Rio Arapiuns.

  • Dica: Use roupas de banho confortáveis, leve uma troca de roupa seca, protetor solar e chapéu para se proteger do sol ao longo do dia. Leve dinheiro em espécie para as atividades opcionais e o almoço. Esteja aberto para conhecer e respeitar as tradições locais e a comunidade durante a visita.

Dia 4: Praia de Ponta de Pedras

Ponta de Pedras
Fonte: Rosanetur (Flickr)

No quarto dia do seu roteiro em Alter do Chão, prepare-se para uma escapada a uma das praias mais deslumbrantes e encantadoras da região: a Praia de Ponta de Pedras.

Localizada a uma distância de 25 km de Alter do Chão, a Praia de Ponta de Pedras espera por você com suas águas convidativas e beleza estonteante. Essa praia é conhecida por suas águas claras, criando um cenário perfeito para relaxar à beira do rio.

As cadeiras na água oferecem um conforto único, permitindo que você se refresque enquanto ainda desfruta do sol.

Uma característica marcante da Praia de Ponta de Pedras são as pedras que ficam à mostra nessa época, adicionando um charme especial e dando nome à praia. Explore as formações rochosas e tire fotos memoráveis desse cenário espetacular. Você terá todo o dia para relaxar, nadar, tomar sol e absorver a serenidade da praia.

Além das belezas naturais, a Praia de Ponta de Pedras é famosa por sua culinária única, especialmente os charutinhos. Esses pequenos peixinhos fritos são um verdadeiro deleite e uma iguaria local.

Não deixe de pedir uma porção de charutinhos e saborear o sabor autêntico da região. Se você tiver a sorte de visitar durante o Festival Gastronômico do Charutinho, terá uma experiência ainda mais memorável.

  • Dica: Prepare-se para um dia relaxante na praia, levando protetor solar, chapéu, roupas de banho e uma toalha. Lembre-se de levar dinheiro em espécie para a alimentação e possíveis despesas. Aproveite o cenário deslumbrante e descontraído da Praia de Ponta de Pedras para recarregar as energias.

Dia 5: Passeio nas praias do Rio Tapajós

Ponta do Muretá
Fonte: Juliana Sabino (TripAdvisor)

No quinto dia do seu emocionante roteiro em Alter do Chão, prepare-se para uma jornada repleta de sol, praias paradisíacas e vistas deslumbrantes.

Este é o passeio perfeito para os amantes do calor e da água, enquanto você explora algumas das praias mais encantadoras às margens do rio Tapajós.

Este passeio levará você a uma série de praias ao longo das margens do Rio Tapajós. A primeira parada é na Praia de Aramanaí, onde você poderá sentir a suavidade da areia sob seus pés e apreciar a vista panorâmica do rio.

Em seguida, a Praia de Jucuruí o aguarda, oferecendo mais oportunidades de relaxar e aproveitar o sol. A Praia de Maguari também está na rota, apresentando uma atmosfera tranquila e cenários fotogênicos.

A comunidade ribeirinha será o local para o almoço, onde você poderá desfrutar de uma autêntica refeição local. Aproveite essa oportunidade para experimentar pratos tradicionais da região e interagir com a comunidade.

Continue a viagem visitando as belas praias de Cajutuba, Pindobal e termine o dia com um belíssimo pôr-do-sol na Ponta do Muretá. Cada uma delas tem suas próprias características e encantos, desde as águas calmas até as paisagens pitorescas.

Aproveite o tempo em cada praia para nadar, tomar sol e explorar.

  • Dica: Leve protetor solar, chapéu, roupas de banho e toalha para garantir seu conforto durante as paradas nas praias. Leve dinheiro em espécie para o almoço na comunidade e para possíveis despesas ao longo do passeio. Mantenha-se hidratado, levando uma garrafa de água.

Dia 6: Floresta Nacional do Tapajós (FLONA)

Floresta Nacional do Tapajós
Fonte: Leonardo Carvalho (Flickr)

Quase no fim do roteiro de 7 dias em Alter do Chão, prepare-se para uma experiência de conexão profunda com a natureza ao explorar a Floresta Nacional do Tapajós.

Nesse dia, você percorrerá uma trilha pela mata, conhecerá árvores majestosas e desfrutará das belezas naturais e culturais da região.

Começaremos o dia subindo o Rio Tapajós em direção à comunidade de Jamaraquá. Uma vez lá, você embarcará em uma trilha de 11 km que o levará a explorar a mata secundária e primária.

Este é um verdadeiro mergulho na natureza, onde você poderá se maravilhar com as árvores imponentes, especialmente a majestosa Samaúma, conhecida como a “árvore da vida”.

Aproveite essa caminhada para se conectar com o ambiente natural e aprender mais sobre a rica biodiversidade da região.

Na metade da trilha, você terá a oportunidade de recarregar suas energias no refrescante igarapé, um local perfeito para relaxar e absorver a serenidade do ambiente e se preparar para a volta.

Após a caminhada e o contato com a natureza, será a hora de desfrutar de um almoço autêntico na comunidade de Jamaraquá.

No restaurante da Conceição (o almoço é pago à parte), você terá a chance de experimentar o famoso feijão, que é mais conhecido e apreciado do que o próprio peixe. Desfrute da comida caseira e saborosa, que é uma expressão genuína da culinária local.

Em seguida, você visitará a lojinha da comunidade, onde as mulheres habilmente criam artesanatos usando o látex extraído da Seringueira. Esses produtos únicos são uma lembrança valiosa da sua visita à comunidade e uma maneira de apoiar as tradições locais.

Na volta, aproveite a oportunidade para relaxar na praia de Maguari, uma das mais bonitas da região. Sinta a areia sob os pés e ouça o som das ondas enquanto você recupera o fôlego após a caminhada.

O dia culmina com um espetacular pôr-do-sol na Ponta do Muretá, proporcionando um cenário magnífico para encerrar suas explorações na FLONA.

  • Dica: Leve roupas confortáveis para a trilha, incluindo calçados adequados para caminhadas. Use protetor solar e leve uma garrafa de água para se manter hidratado. Tenha dinheiro em espécie para o almoço e possíveis compras na comunidade. Esteja aberto para aprender sobre a cultura local e respeitar o ambiente natural.

Dia 7: Ilha do Amor e Serra da Piroca

Serra da Piroca
Fonte: Walter Refkalefsky Loureiro (Flickr)

Chegamos ao último dia do seu roteiro inesquecível em Alter do Chão. No sétimo dia, você continuará a explorar as maravilhas naturais da região, começando pela encantadora Ilha do Amor e terminando com uma vista deslumbrante do pôr-do-sol na Serra da Piroca.

A Ilha do Amor é uma atração emblemática de Alter do Chão, famosa por suas areias brancas e águas cristalinas. Comece o dia navegando até a ilha, onde você terá a oportunidade de relaxar na praia, mergulhar nas águas refrescantes e aproveitar as vistas panorâmicas do rio Tapajós e da floresta ao redor.

A atmosfera tranquila e serena da Ilha do Amor é perfeita para um começo relaxante do dia.

À tarde, prepare-se para uma experiência mágica enquanto você se dirige à Serra da Piroca para testemunhar um dos espetáculos mais magníficos da natureza: o pôr-do-sol.

A subida à Serra da Piroca proporciona vistas panorâmicas incríveis da região, com o rio Tapajós serpenteando pelo cenário e a floresta amazônica se estendendo até onde os olhos podem alcançar.

À medida que o sol se põe no horizonte, as cores do céu dançam em tons de dourado, laranja e vermelho, criando um espetáculo visual impressionante.

A vista deslumbrante é a recompensa perfeita para uma semana de exploração e aventura.

  • Dica: Leve protetor solar, chapéu e roupas de banho para desfrutar da Ilha do Amor. Para a visita à Serra da Piroca, certifique-se de ter calçados adequados para caminhada e uma câmera para capturar o momento do pôr-do-sol.

Conclusão

Após uma semana de exploração, descobertas e experiências autênticas, chegamos ao fim desse emocionante roteiro de 7 dias em Alter do Chão.

Nestes sete dias, teremos a oportunidade de conhecer a Casa da Rosangela e a trilha das preguiças, degustar vitórias-régias, navegar pelo Lago Verde em uma Bajara, explorar o Rio Arapiuns, relaxar nas praias de Ponta de Pedras, desbravar as diversas praias ao longo do rio Tapajós, conhecer a árvore-da-vida na Flona do Tapajós e vivenciar o encanto da Ilha do Amor, culminando com o pôr-do-sol na Serra da Piroca.

Esperamos que este roteiro tenha inspirado você a explorar Alter do Chão e a descobrir por si mesmo os encantos desse destino único.

Seja você um amante da natureza, um explorador curioso ou alguém em busca de novas experiências culturais, Alter do Chão certamente oferece algo especial para todos.

Amanda Galvão
Amanda Galvão

Meu nome é Amanda Galvão, sou sócia-proprietária da Casa Saimiri, uma pousada em Alter do Chão. Sou uma pessoa direta, realista e leal. Meu objetivo é proporcionar uma experiência incrível aos meus hóspedes, fazendo com que se encantem com as belezas da região. Além disso, busco promover a conscientização sobre a importância de proteger e preservar nossa fauna. Sou apaixonada por música, especialmente rock 'n roll e heavy metal, e adoro ler, fotografar e pintar. Sou determinada em alcançar meus objetivos de vida e deixar um impacto positivo na vida das pessoas que me cercam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A hospedagem mais bem avaliada no Google em Alter do Chão