Qual a melhor época para visitar Alter do Chão? Descubra aqui!

Está na dúvida de como escolher a melhor época para visitar Alter do Chão? Pois bem, estou aqui para descomplicar essa questão.

Hoje, neste guia, quero contar mais sobre o clima da nossa região, como ele influencia as atrações e quais os meus meses favoritos para curtir a cidade. Vem comigo!

Verão ou inverno: qual a melhor época para visitar Alter do Chão?

Aqui em Alter do Chão é a natureza dita o ritmo do ano. Por isso, para entender a melhor época para fazer uma viagem precisamos entender um pouco sobre o clima amazônico.

Basicamente, na Amazônia nós temos duas estações principais: o verão e o inverno amazônico. Diferente das estações do ano que levam o mesmo nome que são marcadas pela alta em baixa temperatura, por aqui as estações ditam o volume de chuva e dos rios.

O verão amazônico é o período da seca. Ele abrange os meses de janeiro a junho. Por outro lado, o inverno amazônico é a estação das chuvas, que vai de julho a dezembro.

Cada uma dessas épocas tem suas características e influenciam diretamente na beleza da cidade e nos tipos de passeio que você vai poder realizar.

Dito isso, agora vou dar a minha opinião sobre cada uma dessas estações e quais os melhores meses para visitar Alter do Chão.

Verão amazônico (alta temporada)

A alta temporada, que acontece durante o verão amazônico, vai de julho a dezembro.

Durante esses meses, a cidade se enche de visitantes, especialmente nas férias escolares e feriados. A vibe fica lá em cima, e você pode sentir a energia pulsante nas ruas. Mas será que vale a pena?

Eu, sinceramente, não sou a maior fã de Alter no auge da seca. A praia, que normalmente é o cartão-postal daqui, não fica bonita, pois os rios estão baixos.

No entanto, se eu tivesse que escolher um mês na alta temporada para conhecer Alter, seria dezembro.

Nessa época, o rio já deu uma subidinha, e a cidade fica com um movimento mais tranquilo. É como se dezembro trouxesse um respiro antes do ano acabar.

Menos gente, mas ainda com o calor da temporada. Uma espécie de transição suave entre o agito e a calmaria.

Inverno amazônico (baixa temporada)

Ah, o inverno amazônico em Alter do Chão, minha época favorita!

É durante a baixa temporada que Alter revela sua beleza mais íntima, surpreendendo até mesmo quem acredita conhecê-la de cor e salteado (digo isso por experiência própria).

Como os rios, nessa época, ficam mais cheios, os passeios de lancha ou catraia, que já são encantadores, adquirem um toque ainda mais romântico, proporcionando experiências únicas e inesquecíveis.

Muitas vezes, só é possível acessar certos lugares durante a cheia.

Além disso, as temperaturas são mais amenas. Mesmo assim, o calor característico da região marca presença, proporcionando um clima agradável para explorar as maravilhas locais.

E, convenhamos, quem não gosta de um calorzinho tropical?

Então, quais os melhores meses para visitar Alter do Chão?

Bom, a minha indicação sempre serão os meses de janeiro a julho, pois é quando a cidade fica mais bonita. Mas, se você busca uma experiência que abrace um pouco das duas estações, os meses ideais são julho, agosto, janeiro e fevereiro.

Nesses períodos, os rios estão cheios, mas não atingiram seu auge, permitindo que você desfrute das praias e realize os tão desejados passeios pela floresta alagada.

É o momento perfeito para quem quer explorar Alter do Chão em sua totalidade, unindo a cheia com as vantagens de uma cidade menos movimentada.

Agora, se preferir fazer uma viagem durante a alta temporada, eu recomendo dezembro, quando o rio já subiu um pouquinho, mas a cidade ainda não está tomada por multidões.

É a chance de aproveitar as belezas de Alter com um toque de tranquilidade, garantindo uma experiência autêntica e menos concorrida.

Em resumo, venha nos meses que melhor se adequam ao que você procura. Alter do Chão não vai decepcionar!

rm3
rm3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A hospedagem mais bem avaliada no Google em Alter do Chão